23 de agosto de 2010

Projeto Valores - Como a escola pode resgatar valores.


Sugestão: Lisa Teixeira
Responsável: Vanessa Sulien Dos Santos.

Duração:  1 mês.

Justificativa: A criança brasileira infelizmente não tem recebido uma atenção especial como consta no estatuto da criança e do adolescente. A realidade é que nossas crianças estão recebendo todo tipo de informação que não condizem com a sua inocência. A mídia televisiva coloca na frente das crianças uma programação cheia de sensualidade e violência, ensinando os maus costumes. A escola ao contrário, busca resgatar os valores cívicos, morais, espirituais e os princípios básicos de cidadania. Certamente, cremos que o que hoje estamos semeando na vida de nossas crianças colheremos delas amanhã.

Objetivos: que a escola possa resgatar na criança certos valores como:
  • COLABORAÇÃO              – “QUER UMA MÃOZINHA”?
  • CONVIVÊNCIA                  _ “ COM LICENÇA?”
  • ATENÇÃO                           _ “ FALOU COMIGO?”
  • HONESTIDADE                  _ “NÃO FUI EU.”
  • RESPEITO                           _  “E EU COM ISSO?”
  • NUTRIÇÃO                         _ “VERDURA? NÃO!”
  • RESPONSABILIDADE      _ “ DEIXA QUE EU FAÇO!”
  • GENEROSIDADE              _  “ É MEU, NÃO EMPRESTO!”


CONTEÚDOS CONCEITUAIS:

  • Pensar sobre o que significa colaborar com as pessoas.
  • Perceber hábitos importantes da vida cotidiana, que vão ajuda-lo a ser uma pessoa agradável com os outros.
  • Convidar a criança a pensar sobre a importância de estar sempre atento.
  • Fazer com que a criança assuma responsabilidades, sem ter medo , fazendo-a pensar sobre o que significa ser honesto.
  • Fazer com que a criança preste atenção nas regras de convivência, fazendo-a pensar sobre o respeito que você tem pelos outros e por si mesmo.
  • Mostrar à criança a importância de se ter bons hábitos alimentares, convidando-a pensar sobre o que significa alimentar-se bem.
  • Que a criança perceba que em uma série de situações da vida real, é importante se tornar uma pessoa responsável, para que as pessoas possam ter confiança nela.
  • Que a criança aprenda o que significa compartilhar as coisas, de forma prazerosa, e saiba sinceramente o que significa ser generoso.
 
CONTEÚDOS PROCEDIMENTAIS:
  • Durante a leitura do livro com as crianças, fazer pausas para comentar e discutir os tópicos levantados no texto.
  • Questionar, perguntar como se sentem, provocar a empatia.
  • Dramatizar situações com a criança, pedir que as crianças contem experiências que já tiveram com o tema  escolhido.
  • Pesquisar com pais, amigos, o que sentiram em certas situações.
  • Pedir que as crianças representem sentimentos e situações através de textos, e desenhos.
  • Levar a criança a refletir, ajudando-a a pensar.
  • Proporcionar jogos, colocando em prática situações propícias à reflexões.

 CONTEÚDOS ATITUDINAIS:
  • Que a criança colabore em casa ou na escola, por si mesmas, adquirindo responsabilidade.
  • Que a criança se sinta incentivada a aceitar o desafio de ampliar cada vez mais sua capacidade de ser responsável, fazendo mais e melhor aquilo a que se dedica, assumindo seus papéis de filhos, estudantes colegas, amigos , vizinhos.
  • Que a criança saiba valorizar a alimentação percebendo a importância de uma alimentação balanceada para uma vida saudável.
  • Que a criança comece a perceber que as normas devem ser respeitadas por causa de sua finalidade, isto é, por aquilo que as motiva.
  • Que a criança perceba a importância do auto-respeito e a necessidade da exigência de respeito para consigo mesmo.
  • Que a criança perceba que mentir pode ter importância maior ou menor, dependendo da situação, do motivo, da conseqüência.
  • Que as crianças percebam que as boas-maneiras são muito importante para garantir um convívio agradável e respeitoso para todos.
  • Que a criança trabalhe e brinque junto com os colegas , percebendo que a colaboração beneficia a todos que convivem num mesmo ambiente.
  • Que a criança possa perceber que prestando atenção no que os adultos dizem, elas aprendem regras básicas, e também atitudes necessárias para garantir sua própria segurança.
  • Que possa ser um agente transmissor e multiplicador de valores , tanto com a família . quanto com os amigos.
 
ÁREA DO CONHECIMENTO MATEMÁTICO:
  • Correspondência
  • Sequência de figuras
  • Ideia de quantidade
  • Classificação
  • Dominó ( fotocopiar as figuras dos livros)
  • Bingo de palavras ou figuras.
  • Estatísticas ( resultados da pesquisa)
 
ÁREA DO CONHECIMENTO LÍNGUA  PORTUGUESA:    
ORAL:
  • Utilização adequada da linguagem oral.
  • Recontar estórias.
  • Relatar experiências vividas.
  • Crachá.
  • Explicação dos temas, questionamentos.
  • Conversas .
  • Criação de estórias.
  • Dramatizações.
  • Pesquisas.
 
ESCRITA:
  • Elaboração de textos espontâneos.
  • Aproximação da escrita.
  • Crachás.
  • Atividades no caderno: ditados, caça – palavras, diagramas, ligar palavras, desenhos. 

ÁREA DAS ARTES VISUAIS
Trabalhar as regras na prática em atividades sociais como :
  • Modelagem.
  • Recorte e colagem.
  • Jogos.
  • Brincadeiras.
  • Rotina diária.
  • Cartazes.
  
ÁREA DO MOVIMENTO
  • Jogos.
  • Danças.
  • Brincadeiras 
Tudo que se possa aplicar as regras observadas, proporcionando colocar em prática os temas do projeto.









ÁREA MUSICAL
  • Músicas que possam se adequar aos temas.
P.S. Aceito sugestão de todas as professoras.


ÁREA DE NATUREZA
  •  Mudança de hábitos.
  • Vídeos instrutivos.
  • Pesquisas .
  • Montagens de painéis. (desenhos, ou os resultados da própria pesquisa).
 
ÁREA DE SOCIEDADE
  • Construção de regras.
  • Fatos do dia-a-dia( jornais, rádio, tv,.)

 ÁREA DE IDENTIDADE E AUTONOMIA
  • Expressar desejos, desagrados, necessidades, preferências, vontades,,,
  • Respeito e valorização de seu grupo de amigos, família e de outros grupos.
  • Valorização do diálogo como forma de lidar com os conflitos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Entre em contato conosco

*
*
*
*
*
contact form faq verification image

Email forms generated by 123ContactForm